quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Jazz100Strezz toca Clube da Esquina

Formado por músicos como Milton Nascimento e Lô Borges o famoso coletivo que marcou a história da música brasileira a partir dos anos 1970 recebe um tributo instrumental do conjunto +Jazz100Strezz  no dia 20/11 no Centro Cultural Monte Azul.

Para encerrar a sua temporada 2016 de shows temáticos no Centro Cultural Monte Azul, Zona Sul de São Paulo, o trio Jazz100Strezz surpreende com mais uma homenagem especialíssima: O Clube da Esquina. O tal “Clube” reuniu na Belo Horizonte dos anos 1960 e 1970 músicos como Milton Nascimento, os irmãos Lô e Márcio Borges, Beto Guedes, Wagner Tiso e Toninho Horta entre outros, e criou uma obra excepcional de canções que formaram uma nova estética da MPB até hoje. Muitas das músicas refletiram os sonhos e a visão do mundo de uma geração que muito sentiu a falta de liberdade em plena ditadura.

O repertório do tributo do Jazz100Strezz, elaborado e arranjado pelos integrantes +Matthias Vogt (piano), +Danilo Vianna de Castro (contrabaixo) e +Henrique Bochud (bateria) se compõe em primeiro lugar de canções dos dois álbuns icônicos “Clube da Esquina” (1972) e “Clube da Esquina 2” (1978) mas também não se esquece de raridades como “Viver de amor” de Toninho Horta. “Travessia”, “Tudo que você podia ser”, “Maria, Maria” e “Vera Cruz” são só alguns dos clássicos que ganharão uma nova roupagem jazzística na interpretação do Jazz100Strezz. Além disso, o show contará com a presença de vários convidados para acrescentar as suas sonoridades e improvisos às composições de Milton Nascimento, Lô Borges e cia.

O Centro Cultural Monte Azul será mais uma vez o anfitrião de uma noite cheia de música brasileira, jazz e poesia. Um ambiente aconchegante que recria aquela atmosfera romântica de um bar de jazz, com direito à luz de vela e que nada poderia acompanhar melhor do que uma taça de vinho bom.

Jazz100Strezz: Tributo “Clube da Esquina” - Domingo, 20 de novembro 2016, 19-22H. Centro Cultural Monte Azul, Av. Tomás de Sousa, 552 - Jardim Monte Azul, São Paulo/SP. Telefone (11) 5853-8080. Entrada: R$ 5,00. Mais informações: https://www.facebook.com/events/683980378423262/  E-Mail: jazz100strezz@mavomusic.com



segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Quem disse que Jazz é só pra adultos?

Com o projeto MPP- Música Para Pequenos a casa de show Ao Vivo Music sedia em parceria com a banda +Jazz100Strezz  mensalmente um espetáculo de jazz para pais, bebês e crianças e convida nesse dia 9 de outubro para uma edição especial “Dia das Crianças”.

O show é um convite para pequenos e grandes apreciadores da música de qualidade viajarem nas asas de famosos temas de seriados de TV, mergulharem nas harmonias de clássicos da MPB de Toquinho a Chico Buarque e cantarem juntos as melodias tradicionais que já marcaram a infância da avó. Responsável pelo toque de jazz das músicas é o trio Jazz100Strezz, formado pelos instrumentos piano, contrabaixo e bateria. O repertório eclético do grupo contém trilhas atuais como “Carrossel”, “Snoopy”, “Peppa Pig” e “The Backyardigans”; clássicos da TV como “A Pantera Cor-de-Rosa”, “Tom & Jerry”, “Pica-Pau” e “The Flintstones”, pérolas da música infantil brasileira como “Menino Maluquinho”, “João e Maria”, “A casa”, “O caderno” e “Aquarela” e cirandas do cancioneiro folclórico. 

O evento matinal - além de oferecer música de qualidade ao vivo - abre um grande espaço de brincadeiras e convivência de pais, mães e crianças acompanhado pela gastronomia excelente da casa. Palco tradicional de MPB e jazz em São Paulo com shows memoráveis de Ivan Lins, Marcos Valle, Mike Stern, Toquinho, Jair Rodrigues e muitos outros o Ao Vivo Music oferece agora um um domingo inesquecível para a família toda e para os pequenos a oportunidade de ver e ouvir instrumentos musicais de perto, de cantar e dançar junto, de fazer novos amigos e de ser feliz na brincadeira com os familiares. Enfim, um evento para provar que jazz não é só coisa de adulto!

Ingressos antecipados estão disponíveis pelo site Eventbrite. Os ingressos para crianças até 4 anos são gratuitos, mas precisarão ser garantidos por meio da venda oficial de ingressos. Apenas selecione o tipo de ingresso e faça a inscrição!


MPP - Música Para Pequenos - Especial Dia das Crianças. Domingo, 9 de outubro às 11H. Ingressos: R$30,00 Adulto, R$15,00 Crianças de 5 a 12 anos. Crianças até 4 anos não pagam. Local: Ao Vivo Music, Rua Inhambú, 229 - Moema, São Paulo/SP. Mais informações: (11) 5052-0072 e contato@aovivomusic.com.br.


quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Com o Jazz100Strezz no Cinema

O CineJazZ, novo show do grupo +Jazz100Strezz, estreia no dia 4 de setembro no Centro Cultural Monte Azul e relembra clássicos do cinema nacional e internacional com trilha sonora 'jazz' ao vivo. 

O que seria o cinema sem trilhas sonoras, sem orquestras e sem o jazz? O Jazz deve grande parte da sua fama à difusão de suas músicas pelo cinema e muitos filmes clássicos grudaram em nossa memória coletiva devido as trilhas inesquecíveis. Relembrando clássicos e raridades cinematográficas o Jazz100Strezz, grupo instrumental da zona sul de São Paulo, convida para uma sessão especial como nos velhos tempos do filme mudo - com música ao vivo. 

São inúmeros os temas de jazz que marcaram as trilhas de Hollywood. Quem não lembra da canção de despedida “As time goes by” do clássico “Casablanca”, ou a valsa “Moon River” do filme “Breakfast at Tiffany’s” (Bonequinha de luxo)? O que seria a obra do cineasta Woody Allen sem a forte presença da trilha constantemente “swingada”? Inesquecível também a famosa cena que Gene Kelly canta a música “Singing in the rain” debaixo da chuva. Outro exemplo famoso é a trilha sonora do filme “Taxi Driver” e em “Star Wars” até os extraterrestres tocam jazz num bar espacial.

O espetáculo CineJazz revisita as mais famosas obras do cinema nacional e internacional e recria as suas músicas de forma instrumental e livre junto às imagens projetadas. O trio Jazz100Strezz formado por +Matthias Vogt  (piano), +Danilo Vianna de Castro (contrabaixo) e +Henrique Bochud  (bateria) forma, dessa vez com a participação do guitarrista Marcus Wiberg, a 'orquestra' que vai acompanhar ao vivo cenas escolhidas e editadas em parceria com +ADRIANO CRUZ DE OLIVEIRA

O Centro Cultural Monte Azul, polo cultural da Zona Sul de São Paulo, será novamente palco do espetáculo. E receberá o público com aquele clima aconchegante que não perde nada dos tempos dourados do cinema, com pipoca, vinho, caldos, cachorro quente, amendoim e luz de vela! 


Jazz100Strezz apresenta: CineJazZ. Domingo, dia 4 de setembro de 2016 às 19H. Entrada: R$ 5. Centro Cultural Monte Azul, Av. Tomás de Sousa, 552, 05836-350 Jardim Monte Azul, São Paulo/SP. Mais informações: https://www.facebook.com/events/115959825519475/ 


quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

50 anos de Afro-Sambas

O lançamento do disco antológico da parceria Baden Powell e Vinícius Moraes completa meio século em 2016. O projeto +JaZZ100StreZZ  traz as canções icônicas do disco como “Canto de Ossanha” em releituras instrumentais para mais uma edição do evento homónimo no dia 06/03 no Centro Cultural Monte Azul.

No começo de janeiro de 1966 se reuniram num estúdio do RCA no Rio de Janeiro um jovem violonista prodígio (Baden Powell), um poeta de profissão diplomata (Vinícius de Moraes), um conjunto de vozes femininas da Bahia (Quarteto em Cy), um maestro da música clássica (César Guerra-Peixe), um conjunto de músicos cheio de percussão afro-brasileira e por fim um coro leigo de amigas  e amigos dos protagonistas para gravar o que se tornaria um dos discos mais importantes da música popular no Brasil. 

Foi uma gravação em clima de festa entre amigos, regada a uísque e outras “inspirações”, que registrou em LP o que tinha nascido num encontro entre Baden e Vinícius em 1962 que durara mais que três meses. Num período de clausura o apartamento do poeta virou laboratório para uma série de composições que praticamente fundaram um novo gênero musical brasileiro, os afro sambas. A dupla, apaixonada pelos sons dos sambas-de-roda e dos cantos-de-candomblé praticados na Bahia, começou a misturar temas da música afro com o samba tradicional que fazia parte do repertório dos dois. Nasceram assim “Berimbau” (que já foi publicado antes do lançamento do disco em 1966), “Canto de Xangô”, “Bocoché”, “Tempo de amor” e “Canto de Ossanha” entre outros. Como compositor Baden Powell conseguiu de forma revolucionária “realizar um novo sincretismo, carioquizar, dentro do espírito samba moderno, o candomblé afro-brasileiro, dando-lhe ao mesmo tempo uma dimensão mais universal”, como afirma Vinícius de Moraes no texto de contracapa do álbum.

Hoje depois de 50 anos os afro-sambas provam mais que nunca a sua atualidade musical gozando de grande popularidade em todas as gerações e sendo referência em inúmeras homenagens e regravações. Assim o projeto Jazz100Strezz, no seu quarto ano de existência, decidiu apresentar esse repertório histórico da música brasileira no seu próximo show que abrirá a temporada 2016 da série. Já conhecido por suas releituras instrumentais da obra de compositores como Tom Jobim, Dominguinhos ou Bob Marley o trio formado por +Matthias Vogt (piano), +Danilo Vianna de Castro (contrabaixo) e +Henrique Bochud (bateria) vai dessa vez contar com o reforço do percussionista Marcelo Caverna para mergulhar mais profundamente no universo da música afro-brasileira nas suas interpretações da obra de Baden e Vinícius. A ideia é reverenciar a tradição e a riqueza da música afro e arriscar ligações novas com o jazz moderno e a música experimental. 

O tributo “Os Afro Sambas” acontecerá no dia 6 de março no Centro Cultural Monte Azul, Zona Sul da capital. A série de eventos Jazz100Strezz procura recriar o ambiente de um estiloso bar de jazz na periferia de São Paulo e fortalecer a acessibilidade da música instrumental para um público maior. Um ambiente iluminado à luz de vela, uma seleção de bons vinhos e opções de caldos quentes fazem parte do espetáculo, um convite para uma noite de domingo discontraída e inspirada. 


JaZZ100StreZZ: Tributo “OS AFRO-SAMBAS” - Domingo, 06 de março 2016 - 19H - Centro Cultural Monte Azul, Av. Tomás de Sousa 552, Jd. Monte Azul, São Paulo/SP. Entrada: R$ 5,00. Mais informações: https://www.facebook.com/events/588039044682064/

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Jazz100Strezz celebra Ivan Lins

Para fechar mais um ano com tributos à la Jazz100Strezz o projeto convida para uma homenagem especial aos 70 anos do cantor e compositor brasieiro Ivan Lins no dia 6 de dezembro no Centro Cultural Monte Azul.

Em junho desse ano, o músico, cantor e compositor Ivan Lins comemorou 70 anos de vida, 45 anos de carreira profissional, inúmeros shows nacionais e internacionais e mais que 400 músicas gravadas em discos. Motivos mais que suficientes para escolher ele o homenageado da última edição em 2015 do evento +JaZZ100StreZZ que ocorre a cada dois meses no bairro Jardim Monte Azul na Zona Sul de São Paulo.

Ivan Lins iniciou sua carreira no fim dos anos 1960 com participações em diversos festivais da canção obtendo o primeiro grande sucesso com a composição “Madalena” na voz de Elis Regina. Como filho do Rio de Janeiro cresceu musicalmente no meio do samba e do movimento da Bossa Nova. Com o título “Agora” lançou em 1970 o seu primeiro de mais que 40 discos ao longo da sua carreira sendo o último o CD “América, Brasil” lançado em 2015. Em 1974, o compositor e instrumentista Ivan Lins começou a sua parceria mais importante com o poeta e letrista Vitor Martins com a música “Abre Alas”. A partir daí a dupla assinou inúmeros outros sucessos como “Começar de novo”, “Cartomante”, “Somos todos iguais nesta noite” e “Vitoriosa”. A partir dos anos 1980 começou chamar atenção internacional de produtores como +Quincy Jones, realizando turnês nos Estados Unidos e rendendo regravações de músicas da sua autoria por astros como George Benson, Sarah Vaughan, +Ella Fitzgerald e Barbra Streisand. Ao longo da sua trajetória musical Ivan Lins manteve sempre forte a sua ligação com o jazz, a música instrumental, o soul e o pop, porém sem esquecer de toda sua brasilidade e as suas manifestações regionais. 

O Jazz100Strezz apresentará um tributo acentuando mais uma vez o lado instrumental e improvisatório de um compositor consagrado brasileiro. O trio formado por +Henrique Bochud (bateria), Danilo Vianna de Castro (contrabaixo) e +Matthias Vogt (piano) escolheu um repertório dividido em músicas conhecidas como “Dinorah, Dinorah” ou “Novo Tempo” e composições lado B como “Depois dos Temporais” ou “Soberana Rosa”. E como é de costume terá novamente uma lista ilustre de participações especiais: Bruno Brasil, Vitor Pessoa, +Gustavo Benedetti, +Gustavo Bonin, +Rodrigo Schiavon, +Costela Mendes, +Junior Ou, Paula da Paz e Katia Trindade. 

O evento vai dar continuidade ao projeto artístico que nasceu por ocasião do terceiro aniversário do Jazz100Strezz em setembro nesse ano: Terá uma exposição com o título “3 Clicks, 3 Olhares” que contará com a contribuição de sete fotógrafos retratando a periferia de São Paulo: Adriano Doce, Bagão da Adega, Jr. Costa (Jahpa), Nego Júnior, Léu Brito, Tati Limas e Gessé Silva. Além disso terá uma intervenção de grafite ao vivo com atuação do artista Roberto Krust. E para completar o evento contará mais uma vez com a participação dos artesãos do Bazar da Comuna Sustentável e da loja Cores&Bottons que cuidará também da venda dos produtos da marca “Jazz100Strezz”.


Criar um ambiente estiloso de um bar de música ao vivo à luz de velas que convida para uma taça de um bom vinho, mojito, cerveja ou caldo saboroso, abrir um espaço para amigos se encontrarem e apreciarem música de qualidade, e juntar artistas de todos os gêneros para conversarem e se inspirarem, isso tem sido sempre um dos objetivos do Jazz100Strezz e assim será mais uma vez nessa edição pré natalina que fecha as atividades do projeto este ano para continuar fortalecido em 2016!

JaZZ100StreZZ: Tributo IVAN LINS - 6 de dezembro de 2015 às 19H no Centro Cultural Monte Azul - Av. Tomás de Sousa, 552 - Jd. Monte Azul, São Paulo/SP - Entrada: R$ 5,00 - Contato: (11) 5853-8080. Mais informações: facebook.com/jazz100strezzSP


segunda-feira, 14 de setembro de 2015

3 Anos Jazz100Strezz

+JaZZ100StreZZ, coletivo artístico que promove shows gratuitos com jazz e música instrumental na periferia de São Paulo comemora o seu terceiro aniversário com uma grande festa musical no dia 20 de setembro no Centro Cultural Monte Azul.

Faz três anos que nasceu no meio de uma conversa entre os músicos +Henrique Bochud+Matthias Vogt e o gestor cultural +Jaime Lopes de Cerqueira Barboza a ideia de formar um evento para trazer jazz e música instrumental para a periferia de São Paulo, mais exato para o Jardim Monte Azul, pequeno bairro entre o Jardim São Luis, Santo Amaro e Vila Andrade. Inicialmente lançado como "Jazz na Comunidade" o duo ampliado para um trio de piano, baixo e bateria fez os primeiros shows da série no +Espaço Comunidade, projeto cultural e ponto de encontro de artistas da região. Logo menos batizado de "JaZZ100StreZZ" o conjunto promoveu desde o começo os shows em formato de tributo a grandes intérpretes e compositores do jazz e da música brasileira. Assim somam-se em três anos as homenagens ao pianista norte-americano Bill Evans, o ícone do jazz Horace Silver, os compositores nacionais +Antonio Carlos Jobim, Marcos Valle, José Roberto Bertrami (+Azymuth) e Dominguinhos, os artistas internacionais +Bob Marley  e +The Beatles, mais um especial de músicas natalinas brasileiras e norte-americanas. A partir de 2014, os eventos passaram a acontecer no +Centro Cultural Monte Azul, teatro e espaço cultural no mesmo bairro.



Além de +Henrique Bochud na bateria e +Matthias Vogt no piano o "trio da casa" foi completado ao longo dos anos pelos baixistas +Danilo Vianna de Castro e +Renan Dias e contou sempre com convidados especiais de outros músicos do circuito de São Paulo e da região.  Já participaram em shows do +JaZZ100StreZZ as cantoras +Paula da Paz, Katia Trindade, +Thâmile Vidiz+Carla Casarim e Tâmara Oliveira, os instrumentistas +Junior Ou (saxofone), +Costela Mendes (guitarra), +Renato Mancilha (violão), +Rodrigo Schiavon (guitarra), +Ricota Bruno (guitarra), +Wesley Gonzaga (trompete), Érick Carvalho (percussão) e o trio +Ó do Forró, formado por +Sivaldo Fernando, Álvaro Oliveira e +Adan Oliveira. Muitos desses convidados entrarão novamente na tradicional roda musical do +JaZZ100StreZZ no evento de aniversário no dia 20 de setembro.

O projeto nunca quis ser apenas uma apresentação musical. Desde o começo existe aquela preocupação de criar também um clima especial para o público, além de curtir boa música, se sentir a vontade de conversar, dançar, encontrar amigos e tomar um bom vinho à luz de vela, como se fosse em um daqueles bares de jazz mundo afora. Dispensando a configuração tradicional de um palco frente ao público surgiu a ideia de uma roda de instrumentos no meio da platéia, inspirado pelas rodas de choro e samba, para diminuir a distância entre os músicos e o público. A cada evento, amigos e parceiros artísticos se juntaram para deixar o espetáculo mais diversificado. Projeção de vídeo, realizado por +Adriano Doce,  abertura musical por +DJ Sassá, cobertura em foto e filme por Adriano Gadelha, Diorgenes Didi e +Silvio Vilaça, um cardápio com vinhos, drinques e caldos quentes e uma lojinha, que, além de vender camisetas do JaZZ100StreZZ conta com os produtos da +Cores& Bottons e com os turbantes da Januárias na Janela. E agora no evento de aniversário do projeto, dia 20 de setembro, terá mais uma novidade para deixar o ambiente mais especial ainda. Pela primeira vez será realizado a ideia de juntar à apresentação musical uma exposição de arte da região que estreiará com obras do pintor e escultor +Jaír Guilherme Filho. Além disso, a arte do cartaz oficial do evento foi uma colaboração da artista visual +Greice Aguiar de Goiânia (GO), especialmente para o aniversário do +JaZZ100StreZZ.

JaZZ100StreZZ: Especial Aniversário de 3 Anos - Domingo, dia 20 de setembro de 2015, 19H. Centro Cultural Monte Azul, Av. Tomás de Sousa 552, Jardim Monte Azul, São Paulo/SP. Informações: (11) 5853-8080. facebook.com/jazz100strezzSP





segunda-feira, 15 de junho de 2015

Viva Dominguinhos!


No fim da tradicional época de São João o +JaZZ100StreZZ  homenageia em evento no dia 5 de julho no Jardim Monte Azul um dos maiores sanfoneiros do Brasil: Dominguinhos.

Foi aos 13 anos que um menino com o apelido Neném do Acordeon fez uma longa viagem de caminhão junto ao pai, de Garanhuns/Pernambuco, para o Rio de Janeiro. O convite do ídolo e maior estrela do nordeste, Luiz Gonzaga, de vir para a ainda capital e centro cultural do país marca o início de uma carreira incrível de um dos artistas mais influentes da música brasileira que pouco depois se tornou conhecido pelo nome de Dominguinhos. 

Uma vida musical enraizada na música folclórica do nordeste, partindo dos programas regionais e noites de forró, com longos períodos e parcerias na MPB e bossa nova, passando pelo pop e sempre beliscando do jazz e da música americana. A obra de Dominguinhos soma mais de 200 composições, uma discografia de 45 álbuns, inúmeras participações em outros discos e coletâneas, e dois prêmios pelo Grammy Latino. Além disto o povo o conhece pelas melodias famosas como “Eu só quero um xodó”, “Sanfona Sentida” ou “Lamento Sertanejo”. A compaixão pública foi grande quando o mestre da sanfona faleceu em julho de 2013.

A ideia de fazer uma homenagem jazzística já veio da própria obra de Dominguinhos. Já que nos anos 70 ele gravou “Domingo Menino Dominguinhos” (1976) e “Oi, lá vou eu” (1977), dois LPs com forte influência do jazz, da bossa nova e do pop. Até o fim da sua vida ele firmou parcerias com grandes exponentes da música improvisada como Arismar do Espirito Santo, Sivuca, Hermeto Pascoal, Wagner Tiso, Yamandu Costa, João Donato e outros como mostra um pouco o documentário póstumo “Dominguinhos” (2014) e o último álbum “Iluminado” (2010). 

No fim da época das tradicionais festas juninas o JaZZ100StreZZ convida não só para um tributo a um artista mais que especial, mas também para apreciar um clima gostoso de um bar de jazz com seus vinhos e velas, encontros e conversas. E mesmo assim terá pessoas que não conseguirão ficar só contemplando parados perante o som do quarteto formado por +Matthias Vogt  (piano), Danilo Vianna de Castro (bateria), Henrique Bochud +Henrique Bochud (bateria), Thiago da Mota Vieira (triângulo) e os convidados especiais! 

JaZZ100StreZZ: Tributo Dominguinhos; 05 de julho de 2015 às 19h no Centro Cultural Monte Azul, Av. Tomás de Sousa, 552, Jardim Monte Azul, São Paulo/SP. Entrada gratuita!